Direitos e Deveres dos Voluntários

Actuar com as pessoas, famílias e comunidade é estabelecer uma relação de reciprocidade de dar e receber que exige direitos e impõe deveres.

DIREITOS DOS VOLUNTÁRIOS:

. Desenvolver um trabalho de acordo com os seus conhecimentos, experiências e motivações;
. Ter acesso a programas de formação inicial e contínua;
. Receber apoio no desempenho do seu trabalho com acompanhamento e avaliação técnica;
. Ter ambiente de trabalho favorável e em condições de higiene e segurança;
. Participação das decisões que dizem respeito ao seu trabalho;
. Ser reconhecido pelo trabalho que desenvolve com acreditação e certificação.
. Acordar com a organização promotora um programa de voluntariado, que regule os termos e condições do trabalho que vai realizar.


DEVERES DO VOLUNTÁRIO

Para com :

OS DESTINATÁRIOS:

• Respeitar a vida privada e a dignidade da pessoa;
• Respeitar as convicções ideológicas, religiosas e culturais;
• Guardar sigilo sobre assuntos confidenciais;
• Usar de bom senso na resolução de assuntos imprevistos, informando os respectivos responsáveis;
• Actuar de forma gratuita e interessada, sem esperar contrapartidas e compensações patrimoniais;
• Contribuir para o desenvolvimento pessoal e integral do destinatário;
• Garantir a regularidade do exercício do trabalho voluntário.


A ORGANIZAÇÃO PROMOTORA

• Observar os princípios e normas inerentes à actividade, em função dos domínios em que se insere;
• Conhecer e respeitar estatutos e funcionamento da organização, bem como as normas dos respectivos programas e projectos;
• Actuar de forma diligente, isenta e solidária;
• Zelar pela boa utilização dos bens e meios postos ao seu dispor;
• Participar em programas de formação para um melhor desempenho do seu trabalho;
• Dirimir conflitos no exercício do seu trabalho de voluntário;
• Garantir a regularidade do exercício do trabalho voluntário.
• Não assumir o papel de representante da organização sem seu conhecimento ou prévia autorização;
• Utilizar devidamente a identificação como voluntário no exercício da sua actividade;
• Informar a organização promotora com a maior antecedência possível sempre que pretenda interromper ou cessar o trabalho voluntário.

OS PROFISSIONAIS:

• Colaborar com os profissionais da organização promotora, potenciando a sua actuação no âmbito de partilha de informação e em função das orientações técnicas inerentes ao respectivo domínio de actividade;
• Contribuir para o estabelecimento de uma relação fundada no respeito pelo trabalho que cada um compete desenvolver.


OS OUTROS VOLUNTÁRIOS:

• Respeitar a dignidade e liberdade dos outros voluntários, reconhecendo-os como pares e valorizando o seu trabalho;
• Fomentar o trabalho de equipa, contribuindo para uma boa comunicação e um clima de trabalho e convivência agradável;
• Facilitar a integração, formação e participação de todos os voluntários.

A SOCIEDADE:

• Fomentar uma cultura de solidariedade;
• Difundir o voluntariado;
• Conhecer a realidade sócio-cultural da comunidade, onde desenvolve a sua actividade de voluntário;
• Complementar a acção social das entidades em que se integra;
• Transmitir com a sua actuação, os valores e os ideais do trabalho voluntário.

Visitas aos Doentes
Das 12:00 às 15:00 horas
1 Visita por doente

Das 14:00 às 15:00 horas
1 Visita + 1 Dador de sangue – por doente

Das 15:00 às 16:00 horas
2 Visitas por doente (Cartões do Hospital)

Das 16:00 às 20:00 horas
1 Visita + 1 sócio da Liga
Agenda
Siga a nossa agenda para os próximos meses. clique aqui...
Torne-se sócio da LAHDO
Para se candidatar a sócio da LAHDO, clique aqui...
Seja voluntário na LAHDO
Para se candidatar a voluntário da LAHDO, preencha o formulário de adesão clicando aqui
Orgãos Sociais
Conheça os orgãos sociais da Liga dos Amigos do Hospital de Ovar aqui
Equipamentos
Benefícios aos associados
Veja os benefícios de ser associado da LAHDO, aqui
Carta aos Doentes
A Carta dos Direitos e Deveres dos Doentes representa, mais um passo no caminho da dignificação dos doentes... (continuar aqui)
Direitos e Deveres
Conheça os direitos e deveres do voluntariado (continuar aqui)